Ir para o conteúdo
Categoria:

Sobre o Projeto

Sobre o Projeto
  • O projeto RSE SIGA tem como âmbito principal garantir a integração entre todas as instituições de saúde com o intuito de proporcionar aos utentes facilidade, agilidade e conforto para seu tratamento junto aos eventos de referenciação. Esta integração visa aumentar a segurança das informações, tornar mais ágil o atendimento dos profissionais de saúde e transparente a gestão do processo entre os profissionais e instituições de saúde . Bem como contribuir, para a sustentabilidade do SNS por retirar a emissão das cartas de encaminhamento.

    • Referenciação sem papel;
    • Otimização dos circuitos no âmbito das transferências dos doentes;
    • Melhor resposta do SNS às necessidades da procura (agendamentos e atendimentos mais céleres);
    • Desburocratização dos processos e procedimentos;
    • Maximização dos recursos do SNS;
    • Melhor acesso aos cuidados de saúde;
    • Melhor articulação dos cuidados;
    • Maior transparência da informação para todos os intervenientes;
    • Client empowerment.
  • Fase 1 – CH»CSP

    A 1ª fase do projeto RSE SIGA tem como objetivo tornar possível o registo da referenciação eletrónica nos sistemas dos hospitais através do pedido recebido no hospital através do utente. Esse pedido é emitido pelo CSP, ao qual o utente está inscrito, através de carta de referenciação a solicitar um consulta médica ou de enfermagem para uma determinada especialidade.

     

    Envio de Referenciação

    fase 1 referenciacao

     

    Partilha de Informação

    fluxo partilha de Informação

     

    Fase 2 – CSP»CH

    A 2ª fase do projeto RSE SIGA tem como objetivo tornar possível a referenciação eletrónica entre as instituições de saúde. Nesta fase estará disponível a criação do pedido no CSP (Cuidados de Saúde Primários), agendamento, triagem, agendamento e acompanhamento de todo o histórico pelo médico de família no CSP (Cuidados de Saúde Primários). A mais-valia dessa fase é garantir ao médico de família o acompanhamento do seu utente fora do CSP (Cuidados de Saúde Primários) e proporcionar a integração de todos os tipos de instituições de saúde.

     

    Criar Pedido de Referenciação – Sistema Nacional de Saúde

    fase 2

     

    fluxo Fase 2_2